Boas fontes de proteína são…

Boa tarde pessoal!

Hoje voltamos a falar de proteínas 😀

Talvez pelo facto de utilizarmos suplementos proteicos, em algumas receitas, temos recebido mensagens a perguntar se é mesmo necessário a utilização de suplementos proteicos na alimentação.

A resposta é um simples não, no nosso caso nós optamos pelos suplementos, por uma questão prática, para mais facilmente podermos atingir a quantidade que estabelecemos para o nosso consumo diário de proteína. 

A nível de marcas a nossa escolha é a Myprotein, na nossa opinião esta é a marca com melhor relação entre a qualidade e preço.

Gente linda é perfeitamente possível obter proteína limpa através da ingestão de alguns alimentos específicos.

Temos apenas a acrescentar, embora já seja do conhecimentos de muitas pessoas, que uma dieta equilibrada com quantidades adequadas de proteínas é importante para apoiar os objetivos de atividade física, nomeadamente na construção e preservação de massa muscular.

Para aqueles que ainda têm dúvidas de onde podem obter fontes de proteínas, fica aqui uma pequena lista:

  1. Ovos – A clara de ovo é proteína pura, de elevado valor biológico, 4 gramas por clara, é livre de hidratos e gordura.
  2. Peixe e marisco – Para além da proteína, o salmão por exemplo é muito rico em ácidos gordos e ômega 3.
  3. Carnes vermelhas – É facto que cerca de 1/3 da população mundial, pode ter falta de ferro na alimentação, a carne bovina em relação a outras carnes contem maior percentagem deste mineral, que é muito importante no combate anemia.
  4. Queijos e iogurtes magros – Destacamos o iogurte grego natural e o queijo quark, que contem proteína de lenta absorção, o que quer dizer que nos mantém saciados durante mais tempo.
  5. Atum em conserva – É sem dúvida uma boa fonte de proteína, para além de ser extremamente prática e de valor acessível.
  6. Frango – Aqui principalmente o peito, para além de ser das carnes mais acessíveis, é uma fonte de proteína bastante limpa e praticamente isenta de gordura.

É um desperdício consumir mais proteína do que o seu corpo necessita.

Para terem uma noção das vossas necessidades diárias, para quem pratica exercício físico, basta multiplicar o seu peso (kg) por 1.5grs a 2 grs, o resultado é o valor recomendado para o seu consumo diário.

Em caso de dúvida o melhor será aconselhar-se com um profissional em nutrição desportiva 

#trainMean #eatProtein #andGrow

Written by Power Fit Couple