Maça a fruta que emagrece

Olá a todos os amantes de maçãs!
E que tal começarmos o tema com uma frase da sabedoria popular?
Uma maça por dia nem sabe o bem que lhe fazia” ou como dizem os Ingleses “one apple a day keeps the doctor away

A maçã é uma fruta originária da Ásia, que sempre esteve envolta em grandes simbologias, provavelmente todos conhecem a história de Adão e Eva da serpente e da maça já agora e a branca de Neve e a bruxa má? 🙂

No entanto o que algumas pessoas provavelmente não sabem é que já está comprovado, em diversos estudos, que o consumo da maçã para além de todos os benefícios que promove para a saúde, pode também ajudar no processo de emagrecimento.

Existem cerca de oito mil tipos de maçãs espalhadas pelo mundo, e muito dificilmente encontramos alguém que não aprecie maças.
De todas as qualidades as mais conhecidas são a maçã Gala, a Fuji, a Red Delicious e a Granny Smith. É bom frisar que a nível nutricional, são poucas as diferenças entre a maçã verde e a vermelha, basicamente o que muda é apenas o sabor.

Maça e a saúde

Esta fruta é simplesmente um super alimento! Além de ser um alimento alcalino, é fonte de vitamina C que possuiu um efeito antioxidante, é fonte de vitamina A que aumenta a resistência do organismo a possíveis infeções, e ainda fornece ao organismo nutrientes importantes como cálcio, ferro, magnésio, potássio, fósforo, flavonoides.

Maça e perca de peso

Para quem procura a redução de gordura corporal, é importante saber que, para além de cada maça ter apenas e em média 52 kcal em cada 100 grs, grande parte do seu poder está na sua constituição rica em fibras.
A principal fibra presente é a pectina, uma fibra solúvel, que elimina o colesterol do organismo, ajuda a equilibrar os níveis de açúcar no sangue, é eficaz no controle e prevenção das diabetes, regula a digestão e ainda promove a saciedade retardando o esvaziamento gástrico, ou seja uma verdadeira aliada na perca de peso.

Outra curiosidade super interessante é a presença de grandes quantidades de ácido málico na maçã (e também nas pêras).
O ácido málico que na sua forma ionizada, o malato, estimula a respiração celular por ser um composto intermediário do ciclo de Krebs (um dos processos mais eficazes para a queima de gordura).

A casca também faz parte da maça.

Embora muitas pessoas optam por descascar a maçã, um especialista dos Estados Unidos, o Dr. Christopher Adams, numa pesquisa que fez sobre como as hormonas afetam o nosso corpo, descobriu que por detrás do brilho sedoso da casca da maçã estava o poder de construção de muscular!
A casca da maçã contem ácido ursólico que impede o desgaste muscular.

Clique e leia mais sobre a descoberta do Dr. Adams
Sugestões de consumo

Não há contra-indicações de consumo, há apenas restrições para pessoas com gastrite aguda e úlcera, pois devido ao seu alto teor de fibras a maçã pode irritar o estômago.

Na hora dos lanches intermédios ( manhã e da tarde), a maçã  é uma maneira prática e saudável de saciar a fome.
Pode ser consumida com iogurte desnatado ou picadinha com aveia em flocos, linhaça e granola,.
Outra opção é apostar na versão desidratada ou incluí-la no preparo de sumos, batidos e outras receitas, use e abuse da sua imaginação.

A maçã além de ser uma fruta de fácil acesso e baixo custo ainda pode ser levada a qualquer lugar dentro da mala, se cabe lá tanta coisa cabe também uma maçã, não é verdade?

Esperamos que este tema seja elucidativo e pricipalmente, que passem a incluir esta peça de fruta nas vossas listas de compras.

Written by Power Fit Couple